• 51 3748-1500CD Caxias
  • 51 3748-1500CD Canoas
  • 51 3748-1500Matriz
  • 51 3748-1500CD Santo Ângelo
  • 51 3748-1500CD Pelotas

NOTÍCIAS

21nov

ELEV é o Lançamento do Ano no Carrinho Agas

O ELEV Energy Drink, o energético da Fruki, foi agraciado como o Lançamento do Ano do Carrinho AGAS 2017. O anúncio, oficializado na terça-feira (21), teve como base a eleição feita pelos 252 maiores supermercados do Estado. Realizado há 34 anos pela Associação Gaúcha de Supermercados, o Carrinho Agas 2017 será entregue na noite de 27/11, na Casa NTX, em Porto Alegre.

“O ELEV Energy Drink vem conquistando um público cada vez mais expressivo. É o resultado de um produto elaborado depois de muita pesquisa e investimento, desenvolvido pela Fruki com a certeza de que cairia no gosto do consumidor. O ELEV chegou para proporcionar muita energia e deixar o consumidor ligado no trabalho, no estudo, na ginástica, na balada, na caminhada, enfim, no dia a dia, a qualquer momento. Este reconhecimento pelo Carrinho Agas nos alegra muito, pois sabemos a importância desta distinção, o que nos incentiva a continuar investindo para levar o melhor sabor à vida das pessoas", ressalta o diretor de Marketing da Fruki, Júlio Eggers.

Mesmo competindo com itens de grande apelo publicitário, como novos chocolates e salgadinhos produzidos por multinacionais, o Lançamento do Ano de 2017 ficou com o ELEV. “A Fruki é uma empresa de vanguarda e que tem o respeito de toda a cadeia: varejistas, consumidores e concorrentes conhecem a força de seus produtos. Neste ano, a empresa aproveitou sua pulverização e alcance no Interior do Estado e teve grande êxito com seu novo energético”, destaca o presidente da Agas, Antônio Cesa Longo.

Repetindo uma inovação implantada no ano passado, o processo de eleição dos vencedores do Carrinho Agas 2017 ocorreu de forma espontânea pelos 252 supermercadistas ouvidos, todos integrantes do Ranking Gaúcho de Supermercados da Agas. Antes, os varejistas votavam a partir de uma lista apresentada pela Associação levando em conta a participação de mercado em cada categoria. “Com o voto espontâneo, o share de mercado se torna apenas um dos quesitos avaliados, valorizando cada vez mais a indústria local e o relacionamento com o varejo”, acrescenta Longo.

De Zotti – Assessoria de Imprensa